Prouni 2016 Inscrição

Inscrições para o Prouni 2016 – Veja quem pode fazer a inscrição no Prouni e como fazer

Se você está pensando em cursar uma faculdade no ano de 2016, uma das melhores opções de conseguir entrar no tão sonhado ensino superior é através do Programa Universidade para Todos, mais conhecido popularmente como PROUNI. Participando do ENEM da edição anterior do ProUni, você poderá se inscrever no Programa e tentar ganhar uma bolsa que pode ser integral, ou parcial, nesse último caso o aluno pagará 50% do valor total da mensalidade. Se tem interesse em participar, confira a seguir mais informações de como você pode se inscrever no Prouni 2016.

A finalidade do Prouni 2016 é dar bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação em instituições privadas de educação superior. Para se inscrever no Prouni 2016 você não poderá ter diploma de curso superior e ter realizado o Enem no anterior. Você deverá ter feito no mínimo 450 pontos na média das cinco notas do Enem (ciências da natureza e suas tecnologias; ciências humanas e suas tecnologias; linguagens, códigos e suas tecnologias; matemática e suas tecnologias e redação).

Grande parte dos estudantes que participam do Enem tem essa pretensão, que é concorrer às bolsas do ProUni, mas a nota do ENEM não é limitada somente a isso, você consegue ter acesso a outros programas educacionais utilizando a nota deste exame, o Sisu, por exemplo, é um desses outros programas que o governo também permite que você participa através dessa mesma nota. O Enem é um programa tão importante que através dele o candidato também consegue ter acesso até ao programa FIES – Financiamento Estudantil que também é muito importante para grande parte das pessoas.

Para ver como fazer sua inscrição em 2016 acesse: Inscrições Prouni 2016

Para concorrer às bolsas do Prouni, o candidato também deve ter renda familiar de até três salários mínimos por pessoa e satisfazer a pelo menos uma das seguintes condições: ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública; ter cursado o ensino médio completo em instituição privada, na condição de bolsista integral da respectiva instituição; ser portador de deficiência; ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério e integrando o quadro de pessoal permanente e que estejam concorrendo a bolsas nos cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia.

Confira logo abaixo uma lista com as exigências para que possa se inscrever no programa:

  •  Você deverá ter feito a prova do Exame Nacional do Ensino Médio um ano antes de sua inscrição no ProUni,
  • Sua nota final na prova do Enem deverá ter sido igual ou superior a 400 pontos,
  • A renda per capta familiar do estudante interessado em se inscrever deverá ser um e meio até três salários mínimos,
  • Você também deverá ter cursado o ensino médio em escolas da rede publica de ensino, no caso de ter cursado em escolas particulares, deverá ter sido bolsista integral,
  • Caso você seja professor da rede publica de ensino a questão da renda per capta não é levada em conta se desejar cursar outro curso que esteja na área de educação.

Você que pretende fazer o Prouni 2016 fique atento as dicas que vamos colocar aqui no site Prouni.net que você terá muitas chances de ganhar sua Bolsa pelo Prouni.

Leia Mais

PROUNI Reclamações

Reclamações do PROUNI

Quer entrar no ensino superior? Esta é uma forma de ingressar no ensino superior através do Programa Universidade para Todos (PROUNI) que tem como finalidade a concessão de bolsas de estudo integrais e parciais em cursos de graduação de instituições privadas. Este programa é totalmente confiável, porém em qualquer lugar existem problemas e reclamações, saiba se este programa tem reclamações e do que se trata.

prouni-reclamacoes

O PROUNI foi criado em 2005 e oferecem bolsas de estudos em cursos de graduação e sequenciais em instituições de ensino superiores privadas e em contrapartida oferece a estas instituições que aderem ao Programa Isenção de tributos. Mas, este programa é destinado a candidatos com determinado perfil, como: serem alunos egressos do ensino médio da rede pública ou de rede particular na condição de bolsistas integrais, assim como aqueles que vêm de uma família com uma renda familiar per capita máxima de três salários mínimos. Os candidatos são selecionados de acordo com notas obtidas no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) que é outro requisito para poder participar do PROUNI.

O PROUNI além da concessão de bolsas traz ainda a ações que incentivam as pessoas a permanecerem em estudo ainda mais população de baixa renda que trabalha e estuda. Entre estas ações estão uma bolsa permanência, os convênios de estágio MEC/CAIXA e MEC/FENABRAN e tem ainda o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) que possibilita ainda que quem não for selecionado no PROUNI possa financiar seus estudos na universidade privada, e financia em até 100% o valor da mensalidade do curso.

O PROUNI concede bolsas integrais e parciais em instituições privadas e o processo seletivo é composto de duas fases: um processo regular e processo de ocupação através de bolsas remanescentes (que são bolsas que não foram preenchidas pelos candidatos anteriormente selecionados e que não compareceu a posse da vaga).

Mas o PROUNI tem algumas reclamações que devem ser levadas em consideração em relação aos estudantes que desejam se inscrever no PROUNI. Por exemplo, você encontra reclamações do Prouni no site reclame aqui. Uma das reclamações postadas no site foi do início de 2014 e o reclamante foi selecionado na primeira chamada para a Gestão Financeira à distância na UNINTER do polo Duque de Caxias (RJ) e entrou no dia 20 de janeiro de 2014 para saber o horário de entrega da documentação no polo, mas teve problema de comunicação com o polo de Duque de Caxias (RJ) e que este disse que ela deveria enviar sua documentação para Curitiba (PR), mas ela ligou para o MEC e afirmou que a pessoa deveria enviar documentação para o polo presencial de sua cidade. OU seja, a pessoa está com problemas de como deve proceder. Mais informações, dúvidas e também se deseja fazer reclamações do Prouni consulte o site do PROUNI http://siteprouni.mec.gov.br/tire_suas_duvidas.php.

Leia Mais

Prouni Comprovação de Renda

Comprovação de Renda no PROUNI

Conhece o
PROUNI? Este é o chamado Programa Universidade para Todos criados pelo Ministério da Educação em 2004 e que em linhas gerais é um programa que oferece bolsas de estudos em instituições privadas de educação superior em cursos de graduação ou sequenciadas para estudantes brasileiros. Saiba se o Prouni precisa de comprovação de renda e como é feita.

prouni-comprovacao-de-renda

Se você ainda não conhece o Prouni, saiba como se inscrever e demais detalhes sobre o PROUNI, inclusive uma curiosidade do programa é que ele é destinado apenas aos estudantes de baixa renda familiar e, por isso, precisam comprovar a renda familiar e também terem outros requisitos.

Entre os outros requisitos dos interessados em participar do PROUNI estão: estudantes egressos de ensino médio de escola pública ou que tenham feito o ensino médio em escola particular na condição de bolsista integral; outro requisito é ser o estudante deficiente físico; candidato pode ser professor da rede pública de ensino e este no quadro perrimamente de professores que, neste caso, este tipo de candidato só pode se candidatar a cursos de licenciatura e no caso dos candidatos professores não precisam comprovar renda; outra condição é ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) do ano anterior e, no caso dos professores candidatos, não precisam ter feito o ENEM. Para os demais candidatos que tem que ter feito o ENEM ainda devem ter obtido a nota mínima de 450 pontos na média das notas do ENEM e não ter zerado na prova de Redação do ENEM.

A bolsa oferecida pelo PROUNI vai depender da comprovação da renda do candidato. Existem dois tipos de bolsas oferecidas: a bolsa integral, que é dada aos estudantes de renda familiar bruta por pessoa de até um salário mínimo e meio; a bolsa parcial, que concede 50% do valor da mensalidade da universidade particular que o candidato estiver se candidatado e é destinada aos candidatos possuam renda bruta de até três salários mínimos por membro da família.

Para concorrer às bolsas os candidatos não precisarem estar matriculado em nenhuma instituição de graduação particular, e este não passa por nenhuma seleção, mas, há instituições credenciadas no PROUNI que podem exigir alguma forma de seleção, além de ter passado pelo ENEM.

Quanto às inscrições no PROUNI, esta acontece duas vezes ao ano, a primeira vez no início do ano e a segunda, no início do segundo semestre e as inscrições são feita de maneira gratuita. Para efetuar a inscrição assim como outras informações sobre este processo seletivo acesse a página do ENEM em http://sistemasenem2.inep.gov.br/resultadosenem/.

Leia Mais

Nota de Corte do Prouni

Prouni Notas de Corte

Como muitas pessoas já sabem, hoje em dia está bem mais fácil de concluir os estudos de uma maneira bastante interessante. Toda essa facilidade é devido a grande atenção que o Governo Federal vem dando principalmente para os jovens de baixa renda. São inúmeros os programas envolvidos na educação e ensino escolar que o Governo Federal acaba criando. Um dos programas mais famosos é o ProUni ou até mesmo Programa Universidade Para Todos. Confira a seguir como saber a nota de corte do Prouni para a vaga desejada.

O Programa Universidade Para Todos como o seu próprio nome já diz, possui a finalidade de oferecer qualidade de ensino para todos, ou seja, o programa foi criado para que até mesmo os jovens de baixa renda possam concluir um curso em uma universidade ou faculdade privada. Um detalhe bastante interessante quanto a este programa é que o mesmo disponibiliza diversas bolsas de estudos para os interessados. O programa é totalmente gratuito assim com as bolsas de estudos.

Um detalhe bastante interessante em relação ao Prouni é que os interessados em participar do programa não precisam gastar nada e apenas deverão comprovar que são de baixa renda e após isso, irão passar por processos seletivos. Além disso, uma das exigências do ProUni é que o candidato tenha feito a prova do Enem no ano anterior.

Saiba que um dos critérios levados em conta quanto no processo seletivo, ou melhor, o principal critério são as notas de cortes. Para quem ainda não sabe as mesmas tem uma função especial, ou seja, as notas de cortes são notas pré-estabelecidas pelo ProUni, existem notas de cortes para todos os cursos que os candidatos desejam cursar.

Você poderá conferir a Nota de Corte do Prouni no momento da sua inscrição no Prouni, pois o sistema informa qual é a nota de corte de cada curso, essa nota de corte vale como informação para ver como anda a concorrência de determinado curso e não quer dizer que você tem uma nota maior que você vai conseguir a bolsa e que tem uma nota menor que não terá chances, porém já vai dar para ter uma ideia.

O candidato também pode consultar a nota de corte do Prouni a qualquer momento durante o período da inscrição, isso é bom porque você também pode alterar os dados como, por exemplo, se o curso que você escolheu está com uma nota de corte lá em cima e você vê outro curso que você tem preferência com a nota de corte baixa, você poderá trocar a sua preferência para esse curso que teoricamente será mais fácil de você conseguir a bolsa integral ou parcial.

Saiba que as notas de cortes do Prouni como o próprio nome já diz possui a função de cortar, ou seja, eliminar os candidatos no processo seletivo que possuem a sua média geral a partir da prova do Enem abaixo da nota de corte estabelecida pelo ProUni.

Leia Mais

Como fazer as inscrições para o Prouni

Inscrições para o Prouni – Veja Como Fazer a sua Inscrição

Muitos jovens hoje em dia possuem um sonho bastante semelhante que é concluir os seus estudos da melhor maneira possível e conseguir um bom emprego futuramente. Um detalhe bastante comum é que muitos desses jovens acabam desistindo de seus estudos precocemente pelo fato de não possuírem uma boa renda, ou seja, os jovens de baixa renda. Mais a boa notícia é que a cada dia que se passa fica mais fácil de concluir os seus estudos e tudo irá depender apenas de você. Uma grande oportunidade é fazer o Prouni, confira a seguir como fazer a inscrição.

Um programa que tornou-se muito importante em todo Brasil e conseguiu oferecer aos jovens a oportunidade de conquistar o curso superior. É uma ajuda financeira muito bem vinda e que facilita a vida das pessoas que não possuem condições financeiras de pagar por um curso superior. Mas para concorrer a essas bolsas e necessário preencher alguns requisitos iremos conferir mais a respeito.

As inscrições para o Prouni estarão abertas no fim de janeiro e você poderá fazer a sua inscrição do Prouni através do site oficial. É necessário conferir os documentos que você deve apresentar na fase de comprovação das informações do Prouni.

A finalidade do Programa Universidade para Todos (Prouni) é oferecer bolsas de estudo do nível superior para os alunos em faculdades e universidades.

Para realizar a sua inscrição no Prouni você deverá ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior e ter atingido o número mínimo na média final das provas. As bolsas integrais do Prouni serão destinadas aos alunos que tiver uma renda familiar de até no máximo um salário mínimo e meio por pessoa, já para as bolsas parciais de 50% a renda familiar deve ser de até três salários mínimos.

O candidato também deverá ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou ter cursado o ensino médio em escolas particulares na condição de bolsista integral. Se você é portador de deficiência ou professor da rede pública de ensino, também poderá fazer a inscrição no Prouni.

Para Fazer a inscrição para o Prouni Clique no banner abaixo:

Fazer Inscrição Prouni

Leia Mais

Bolsas do Prouni – Como Funciona

Prouni Bolsas

Hoje em dia se tornou muito mais fácil e acessível conseguir uma bolsa de estudo em alguma entidade de ensino, principalmente depois que o programa Prouni foi instalado, esse programa vem fazendo com que vários jovens de todas as classes sociais possam ter um estudo de qualidade e que possam se profissionalizar em alguma área de estudo. Veja como funciona as bolsas do Prouni e saiba se você pode se inscrever para conseguir uma bolsa integral ou parcial.

Para conseguir uma bolsa no Prouni você precisa realizar a prova do Enem, mais conhecido como Exame Nacional do Ensino Médio, nesse exame você vai responder várias questões que envolvem diversas matérias, entre elas matemática, português, conhecimentos gerais, língua estrangeira (pode escolher entre Inglês e espanhol), etc. Depois que você realizar essa prova do Enem e conferir o resultado, vai poder usar a nota do Enem para conseguir uma bolsa no Prouni, que é outra etapa para conseguir uma bolsa.

Depois de realizar o Enem (no ano anterior de sua inscrição no Prouni) e conferir o resultado do exame, você pode se inscrever no Prouni, depois de inscrito poderá aguardar o resultado da seleção de alunos para conseguir bolsas para diferentes cursos superiores, os quais você poderá escolher conforme sua nota, participar do programa Prouni é muito fácil.

As Bolsas do Prouni sempre estão sendo distribuídas para diversos jovens que estão terminando o ensino médio e querem se ingressar em uma faculdade que ofereça vários cursos de alto desempenho e qualidade.

Agora que você já sabe como funciona as bolsas do Prouni, você é claro não vai mais querer perder tempo, corra logo e garante já a sua, quem fez o Enem do ano anterior precisa ficar atento sobre as inscrições do Prouni, aproveite essa oportunidade de conseguir uma bolsa parcial ou integral para diversos cursos superiores. Para saber mais sobre as bolsas do Prouni entre no portal do Mec e tire todas as suas dúvidas. Se você não fez o ENEM, não marque bobeira e faça a sua inscrição na próxima edição do ENEM.

Leia Mais

Prouni ou Sisu – Qual é mais fácil e melhor

Qual é melhor Sisu ou Prouni?

Não sabe qual a diferença entre PROUNI e SISU?  A diferença entre esses dois benefícios é que o PROUNI oferece bolsas de estudos em instituições privadas de educação superior, em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, a estudantes brasileiros, sem diploma de nível superior. Já o SISU é o sistema informatizado, gerenciado pelo Ministro da Educação por meio da qual as instituições públicas de educação superior participantes selecionam novos estudantes exclusivamente pela nota obtida no Exame Nacional de Ensino Médio (ENEM). Confira qual é o melhor o Prouni ou Sisu e saiba como fazer a escolha do mais vantajoso para você.

O PROUNI (Programa Universidade para Todos) tem como finalidade a concessão de bolsas de estudos integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica, em instituições privadas de educação superior. Criado pelo Governo Federal em 2004 e institucionalizado em 2005 oferece, em contrapartida, isenção de alguns tributos àquelas instituições de ensino que aderem ao Programa.

O Programa PROUNI é dirigido aos estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular na condição de bolsistas integrais, com renda per capita familiar máxima de três salários mínimos. O PROUNI possui um sistema de seleção informatizado e impessoal, que confere transparência e segurança ao processo. Os candidatos são selecionados pelas notas obtidas no ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio) conjugando-se, desse modo, inclusão a qualidade e mérito dos estudantes com melhores desempenhos acadêmicos.

O PROUNI possui também ações conjuntas de incentivo à permanência dos estudantes à instituição com a Bolsa Permanência. O programa é destinado àqueles estudantes de baixa renda e que devem comprovar essa situação e ingressos da escola pública ou como bolsista integral de escola particular.

Já o SISU (Sistema de Seleção Unificada) é destinado àqueles que participaram do ENEM que não precisa ter baixa renda para poder participar. O SISU é um sistema informatizado gerenciado pelo MEC, no qual às instituições públicas do ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do ENEM. Podem participar do SISU quem fez prova do ENEM no semestre anterior a inscrição e com nota superior à zero na redação. É preciso ter em mãos, no ato da inscrição e a senha no ENEM.

Leia Mais

Prouni Ajuda de Custo

Ajuda de Custo Bolsa de Estudo do ProUni

O Programa Universidade para todos (PROUNI) tem como finalidade a concessão de bolsas de estudos integrais e parciais em cursos de graduação e sequenciais de formação específica em instituições privadas de ensino superior. Confira como funciona a ajuda de custo do ProUni para os bolsistas.

O PROUNI foi criado pelo Governo Federal em 2004 e institucionalizada pele lei n° 11.096 de 13 de janeiro de 2005, oferece, em contrapartida, isenção de alguns tributos àquelas instituições de ensino que aderem ao programa.

O programa é direcionado aos estudantes egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular, nesse caso como bolsista integral, com renda per capita familiar máxima de três salários mínimos. O Prouni conta com um sistema de seleção informatizado e impessoal que confere transparência e segurança ao processo. Os candidatos são selecionados pelas notas obtidas no ENEM (Exame nacional do Ensino Médio).

O ministério da educação oferece aos estudantes do PROUNI outros benefícios além da bolsa integral ou parcial para ingressar no ensino superior privado como a bolsa permanência que é destinada para quem tem bolsa integral no PROUNI. Além disso, é destinado aos que estão matriculados em cursos presenciais com no mínimo seis semestres de duração, com carga horária de seis horas por dia ou mais. A seleção para conseguir a bolsa permanência é feita no início de cada mês, quando também é definido o valor.

Confira também: Comprovação de Renda do PROUNI

Desde 2007, o Prouni e sua articulação com o FIES, é uma das ações integrantes do Plano de Desenvolvimento da Educação PDE. Assim o PROUNI, aliado ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), ao Sistema de Seleção Unificada (SISU) ao Programa de Apoio a Planos de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (REINI), a universidade aberta do Brasil (UAB) e a expansão da Rede federal de educação profissional e tecnológica ampliam significadamente o numero de vagas na educação superior, contribuindo para o maior acesso aos jovens ao ensino superior. Por isso também maior numero de benefícios concedidos.

Leia Mais